Prefeitura do Recife não garante retomada das obras do Canal Guarulhos. Intervenção na Zona Oeste está paralisada desde maio do ano passado

November 12, 2018

 

 

Realizada na Praça principal de Jardim São Paulo, a reunião publica externa da Câmara Municipal do Recife debateu o projeto de macrodrenagem de 1.600 metros do Canal Guarulhos. O serviço foi iniciado em julho de 2012, prevendo o alargamento e revestimento da calha do canal, com desapropriação de casas construídas às margens e sobre o curso d’água e construção de vias marginais. A conclusão da obra está há mais de quatro anos atrasada, com prazo inicial de julho de 2014. Por conta disso, prejudicada com inundações em tempo de chuva, falta de saneamento e doenças transmitidas por mosquitos, a população se mobilizou e decidiu cobrar da Prefeitura do Recife.

 

A reunião pública externa foi solicitada pelo mandato do vereador Ivan Moraes (PSOL), e aconteceu na quinta-feira (8), com cerca de 50 pessoas da comunidade, como um dos encaminhamentos da audiência pública realizada no plenarinho da Câmara no dia 5 de setembro, atendendo ao pleito das moradoras e moradores de Jardim São Paulo. O vereador Amaro Cipriano (PSB), Maguari, também esteve presente ao encontro. Ivan Moraes destacou a ausência da Secretaria de Meio Ambiente e Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) do Recife, que não atenderam ao convite do Poder Legislativo Municipal. Apenas a URB (Empresa de Urbanização do Recife) esteve presente, por meio dos representantes Breno Azevedo e José de Lima.

 

A financiadora da macrodrenagem do Canal Guarulhos será a Caixa Econômica Federal (CEF), num valor total de R$ 17,5 milhões. Para Ivan Moraes, a gestão municipal poderia ter priorizado a intervenção urbana em seu orçamento, para não precisar depender de recurso externo. "A mesma gestão que diz que não tem dinheiro é a mesma gestão que pretende gastar R$ 74 milhões com propaganda. Quanto maior for a capacidade da comunidade de se mobilizar em torno da retomada da obra, maiores são as chances da Prefeitura considerar o Canal Guarulhos prioridade. E, na gestão pública, prioridade significa orçamento garantido", avaliou.

 

 

 

 

De acordo com Breno Azeredo, da URB, depois da audiência pública na Câmara, a Prefeitura se reuniu recentemente com a CEF e cumpriu as exigências do órgão. De acordo com ele, agora em novembro deve ser assinada a ordem de serviço, formalidade que antecede o reinício dos trabalhos no canteiro de obras. Breno disse ainda que já recebeu da Câmara Municipal o ofício com os nomes dos integrantes da comissão de moradores que vai fiscalizar o processo, e se comprometeu a comunicar formalmente as próximas etapas da obra.

 

DESAPROPRIAÇÕES

 

Fiscal da obra na ultima fase do serviço, até o distrato do contrato entre Prefeitura e empresa contratada (Cinzel Engenharia), o outro representante da URB, Jose de Lima, contou que as desapropriações serão feitas na margem direita do canal, no sentido da Avenida Recife. Na parte esquerda, a requalificação vai viabilizar a construção do passeio público, com duas passarelas ligando os dois lados. O trecho da Estação do Metrô de Werneck até o inicio da obra anterior, segundo ele, não está contemplado por essa segunda licitação, para a frustração das pessoas que moram nessa localidade.

 

NOVA LICITAÇÃO

 

A construtora responsável pelo início da macrodrenagem foi a Cinzel Engenharia LTDA, com a verba de um convênio entre município e Ministério das Cidades orçado em R$ 23,5 milhões. O serviço foi acompanhado e administrado pela URB e, apos seis anos do seu inicio, apenas duas de seis etapas foram finalizadas.

Em maio de 2017, data da paralisação da obra já em atraso, houve o distrato do contrato entre a empreiteira e Prefeitura. Ainda no ano passado, a gestão municipal abriu outra licitação para concluir a obra. Mais uma vez, a Cinzel venceu a concorrência pública, orçada em R$ 17,6 milhões, de acordo com a publicação do Diário Oficial do Município, em fevereiro de 2018.A legislação permite que a empresa que desfez o primeiro acordo participe de um novo certame.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Governo de Pernambuco e Prefeitura do Recife abandonam obras da Pista de Skate no Parque Santana

April 26, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo