Solenidade celebra os 110 anos do Instituto de Cegos do Recife

April 11, 2019

 

Há 110 anos, Antônio Pessoa de Queiroz fundava no Recife o primeiro Instituto de Cegos na Região Nordeste, o segundo do Brasil. 

 

Na Câmara Municipal do Recife, tivemos o prazer de celebrar a história da instituição em uma sessão solene e de receber tantas pessoas que se dedicam à garantia de direitos e cidadania das pessoas cegas ou com baixa visão. 

 

 

 

Pra gente, que agora está no poder legislativo, fica bem negritada a ausência de representantes desse segmento na ocupação de espaços na política institucional, bem como a falta que fazem. 

 

Quem sabe o Recife tivesse uma vereadora ou um vereador com deficiência visual, todas as sessões da Câmara Municipal seriam como a de hoje, com audiodescrição, com materiais impressos em braile. O que temos hoje é uma Casa do Povo deficiente em acessibilidade. 

 

 

 

Os desafios são gigantes para que toda a sociedade seja sensibilizada para a necessidade de trabalharmos por um desenho de acessibilidade universal. O poder público tem muito trabalho pela frente até que nossa cidade, estado e país ofereçam as condições necessárias para que pessoas cegas tenham acesso a  direitos, sem que seja necessário evidenciar que estes lhes são negados a todo momento. 

 

Fica aqui mais um agradecimento especial a todas e todos que se fizeram presentes e à Liliana Tavares, audidescritora das melhores, que doou suas horas de trabalho para garantir que o ambiente da solenidade fosse descrito. 

 

 Quem não pode participar, pode assistir pelo canal de Youtube da Câmara.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Governo de Pernambuco e Prefeitura do Recife abandonam obras da Pista de Skate no Parque Santana

April 26, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo